Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
14
14 JUL 2022
SAÚDE
Casos de dengue apresentam queda de mais de 77% nos últimos dois meses em Olímpia
enviar para um amigo
receba notícias
Após o pico de novos casos de dengue registrados em todo o país, no mês de abril, a transmissão da doença apresenta significativa desaceleração em Olímpia. Os números mostram uma redução de mais de 77% em novas confirmações, nos últimos dois meses.

Segundo balanço da Vigilância Epidemiológica, de janeiro até o momento, a cidade contabiliza 1.657 casos positivos, sendo que cerca de 44% do total foi registrado somente em abril, quando foram confirmados 725 casos, o que representa quase metade das confirmações do período.

No entanto, passado o mês de alta, o cenário tem apresentado queda nos números, com 435 confirmações em maio e 162 em junho. A tendência aponta para uma redução ainda maior em julho, tendo em vista que o levantamento desta semana mostra que foram confirmados apenas 10 novos casos neste mês.

A grande redução está associada às diversas ações de controle da doença, ao ciclo da transmissão e também à chegada do período mais seco, com menor probabilidade de chuva, o que gera menor acúmulo de água parada em recipientes que poderiam servir de criadouros para o Aedes aegypti.

No município, o trabalho de conscientização e busca ativa é constante com ações educativas de orientação da população e a visita dos agentes nas residências para eliminação de criadouros, com o bloqueio e nebulização costal da área quando há confirmação de casos.

Neste ano, o setor de Controle de Endemias também adotou uma medida de reforço com a nebulização veicular noturna, que tem percorrido os bairros com maior incidência de casos, pulverizando o inseticida para eliminar o mosquito transmissor. A ação preventiva já passou por dezenas de bairros em todas as regiões da cidade e nos distritos e segue conforme cronograma do setor responsável com prévia comunicação aos moradores para que deixem janelas e portas abertas.

Outra estratégia de saúde pública é a intensificação da limpeza nas residências. No mês de maio, as equipes de Zeladoria recolheram cerca de 630 caminhões de entulhos e materiais em mais de 70 bairros, durante o Projeto Cidade Limpa, realizado em parceria com a TV Tem.

Apesar de os números levarem a uma epidemia da doença, em 2022, vale ressaltar que que o cenário epidemiológico é melhor que o de 2019, quando foi registrada a última epidemia de dengue em Olímpia. A redução é de 52% no período deste ano em comparação ao intervalo de janeiro a junho de 2019, que contabilizou 3.447 casos.

Ainda assim, a Saúde faz o alerta para que toda a população continue colaborando com quintais e terrenos limpos, evitando ambientes propícios à proliferação do mosquito transmissor para manter o controle da doença.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.7 - 04/10/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia