Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
21
21 JUL 2022
TURISMO
Distrito Turístico de Olímpia discute projetos do aeroporto, centro de convenções, qualificação profissional e desenvolvimento regional
enviar para um amigo
receba notícias
Instituído em setembro de 2021, por lei, como o 1º Distrito Turístico do Estado de São Paulo, o distrito de Olímpia segue em formatação de ações e planejamento de trabalho para promover o desenvolvimento local e regional.

A formalização dos distritos visa criar áreas de fomento ao setor de Turismo, com alto impacto na geração de emprego e na circulação de visitantes, utilizando políticas públicas e condições especiais para atrair investimentos da iniciativa privada, fomentar o empreendedorismo e potencializar a vocação turística da região.

Assim, tendo em vista os propósitos da implantação, o Conselho Gestor do Distrito realizou sua segunda reunião de trabalho, nesta quinta-feira (21), na capital. Na pauta, além da apreciação e aprovação da ata da primeira reunião ocorrida no ano passado, estiveram assuntos importantes ligados ao turismo, abrangendo as áreas de infraestrutura, meio ambiente, saúde, qualificação profissional e outros investimentos.

Entre os debates, foi apresentada a proposta de cooperação entre o Governo do Estado e o município para a implantação do aeroporto internacional do Distrito. Um projeto que já estava em andamento por parte da Administração, com contratação de estudos de viabilidade e conquista da outorga de concessão, e, que agora ganhará reforço na gestão com o apoio do Estado e da iniciativa privada, a fim de inserir Olímpia também no mapa aeroviário.

Ainda voltada à infraestrutura, foi feito pedido de apoio ao Estado e ao InvestSP para implantação do Centro de Convenções, um equipamento que fomentará o turismo de eventos e negócios já em evolução na cidade, ampliando também o crescimento econômico neste setor.

Nesta mesma linha de estruturação, foi discutido e solicitado apoio do Estado junto ao Centro Paula Souza para ampliação da ETEC, com uma unidade no distrito de Álvora, em Severínia, com cursos direcionados à área de Turismo. A proposta faz parte de um projeto que visa a restauração do bairro rural histórico para promoção do turismo regional ainda com a implantação de um hotel escola em um prédio de uma escola desativada no local, fomentando a economia criativa. O conceito de valorização das regionalidades também deverá abranger a temática ‘country’ presente em Barretos e o turismo de aventura, em Icém, com formatação de atrativos envolvendo os cânions e esportes aquáticos.

Foi formalizada ainda a parceria de Olímpia com o CIET – Centro de Inteligência da Economia do Turismo, um observatório responsável pela coleta de dados a fim de monitorar e compreender o comportamento dos visitantes, direcionando os esforços para o desenvolvimento da cadeia produtiva do turismo, viagens e eventos.

O encontro tratou também da regulamentação da taxa sustentável do turismo, uma contribuição em estudo que visa ser investida na prestação de serviços públicos e ações diretamente impactadas pela visitação do município, como assistência médica e hospitalar, transporte e campanhas de promoção do destino.

O cuidado com o meio ambiente também foi abordado durante a reunião, com a apresentação de relatórios de diagnóstico inicial sobre o inventário de emissão de carbono e da pegada hídrica, que são levantamentos importantes para mensurar e mapear a emissão de carbono em uma atividade e a quantidade de água utilizada na produção de bens, serviços e consumo, a fim de promover ações sustentáveis e de preservação dos recursos.

Desta forma, a reunião de trabalho contemplou diversas áreas de impacto da atividade turística, apresentando os projetos e previsões de investimentos do poder público e privado e traçando detalhes da elaboração do Masterplan do distrito.

A reunião de trabalho foi conduzida pelo prefeito Fernando Cunha, que é presidente do Conselho Gestor, e pelo secretário do Conselho, o empresário olimpiense, Ronald Remondy Junior, representante da sociedade civil. Além disso, contou com a presença de outros membros como os representantes do Poder Executivo Municipal, os secretários municipais Priscila Foresti (Turismo e Cultura), Bruno Guzzo (Chefia de Gabinete), Leandro Gallina (Obras) e Edilson De Nadai (Governo); do Poder Executivo Estadual, o secretário de Turismo e Viagens, Vinicius Lummertz, Clodoaldo Pacce Filho, membro suplente da secretaria de Logística e Transportes, além de outros membros de secretarias estaduais.

Da sociedade civil, estiveram presentes ainda os empresários olimpienses membros do Conselho, Alexandre Zubaran, Jorge Noronha, Ronaldo Costa Teixeira, Newton Ferrato, Rafael Pereira de Almeida e Marcos Jorge. Participaram também como convidados o deputado federal Geninho Zuliani e o presidente da InvestSP, Antonio Imbassahy, além de integrantes de diversos fundos de investimentos.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia