Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
03
03 DEZ 2019
GOVERNO
Aplicativo do Cartão Cidadão já registrou mais de mil consultas médicas agendadas
enviar para um amigo
receba notícias

O Cartão Cidadão Olimpiense, criado com o objetivo de unificar os dados dos moradores a fim de facilitar o acesso aos serviços públicos, disponibiliza para a população da Estância Turística de Olímpia o aplicativo “CCC Olímpia”. Com ele, o morador pode agendar ou cancelar consultas médicas, emitir segunda via da conta de água, agendar emissão do RG, registrar falta d’água ou água com coloração estranha, solicitar tapa buracos e limpeza de praça pública, acessar o arquivo do Diário Oficial Eletrônico, entre outros serviços.

Desde a implantação do aplicativo “CCC Olímpia”, as ações de Saúde foram as mais requisitadas digitalmente. Neste período, quase 1.500 consultas foram agendadas nas especialidades clínico geral, ginecologista e pediatra. Além disso, outros 400 serviços foram solicitados pelo aplicativo, que pode ser baixado no APP Store e no Google Play. No total, já foram realizados mais de 2 mil downloads.

A implantação do Cartão Cidadão teve início em junho de 2018 e atualmente tem cerca de 47 mil cadastros realizados. Primeiramente, o cartão foi integrado ao sistema da secretaria de Saúde, do Fundo Social e da secretaria de Agricultura, Comércio e Indústria. Em seguida, aos sistemas das secretarias de Obras, Engenharia e Infraestrutura, Assistência Social, Cultura, Esportes e Lazer, e Turismo. Neste ano, a secretaria de Educação também já utilizou o cadastro no processo de matrículas.

De acordo com a divisão de Ouvidoria, que coordena a implantação do cartão no município, o cadastro já permitiu o mapeamento de Olímpia e a identificação das solicitações da população, bairro a bairro. Além disso, por meio dos relatórios diários, as políticas públicas estão sendo definidas com dados concretos.

Na questão da saúde, por exemplo, o cartão facilita o acesso dos usuários aos serviços básicos. “O cartão não estabelece, nem modifica a lei, apenas segue as regras de abertura de prontuário que o SUS preconiza. É importante entendermos que há dois tipos primários de atendimento realizados pelo município. O atendimento de urgência e emergência, que é a UPA 24 horas e que deve ser realizado para todo e qualquer usuário do SUS ou até mesmo estrangeiros e pessoas que não possuem sequer um documento. Já na atenção básica, para facilitar o acesso do usuário, cada município mapeia a área de atuação de cada UBS por bairro ou região”, explica José Roberto Pimenta, diretor da divisão de Ouvidoria.

“Por isso, cada cidadão deve procurar a unidade mais próxima da sua casa, munido de documento e de comprovante de residência. Ou seja, com o cartão cidadão apenas fazemos o mapeamento antecipadamente, estabelecendo um vínculo entre o prontuário e o cartão cidadão. As unidades de saúde são parte de uma política municipal e o cartão é fundamental para a garantia das vagas de consultas e exames aos moradores. Sem esse cadastro prévio e essa normatização, os recursos de saúde são insuficientes para se manter a qualidade do atendimento”, acrescentou.

Segundo dados da divisão de Ouvidoria, nas pesquisas de satisfação realizadas com os usuários, identificando os pontos fortes e acolhendo sugestões, 86,05% das respostas são positivas.

Para a confecção do cartão, é necessário apresentar os documentos originais CPF, RG, Cartão SUS, Comprovante de endereço (água, luz, IPTU ou telefone fixo), Certidão de nascimento (para menores) ou casamento. Também é aplicado um questionário simples para coleta de algumas informações e tirada uma foto digital do morador. É importante que todos os cidadãos realizem o cadastro, desde os recém-nascidos, e que também atualizem informações em caso de alguma mudança.

Em caso de dúvidas, o morador pode acessar o site oficial www.cartaocidadaoolimpia.com.br ou procurar a Casa da Cultura, localizada na Rua São João, 942 – Centro.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia