Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
17
17 NOV 2021
GOVERNO
Comando da Guarda Municipal alinha curso de formação dos candidatos aprovados para 2022
Visando concretizar efetivamente a constituição da Guarda Civil Municipal (GCM) da Estância Turística de Olímpia, que é um dos principais investimentos da gestão para a área de segurança pública, representantes do município estiveram, na última semana, em Campinas, para alinhar detalhes sobre o curso de formação dos agentes aprovados em concurso.

Na oportunidade, o comandante da GCM de Olímpia, Major PM Edson Rodrigues de Oliveira, e o assessor especial, Guto Zanette, que acompanhou tratativas anteriores, foram recebidos pelo vice-prefeito de Campinas, Wanderley de Almeida (Wandão), pelo secretário municipal de Segurança Pública, Christiano Biggi, e pelo inspetor da Guarda, Wagner Gonçalves de Carvalho. O encontro selou a parceria entre os municípios para a capacitação dos futuros agentes da Guarda olimpiense, reiterando o ofício entregue em mãos ao Comando de Campinas, em fevereiro deste ano.

Desde a finalização do processo de seleção, no ano passado, a gestão tem se comprometido com a convocação, que esbarrou em impasses ocasionados pela pandemia como o impedimento para a contratação de novos servidores, regulamentado pela Lei Federal Complementar 173/2020, do Presidente Jair Bolsonaro. A Administração buscou inclusive respaldo legal e jurisprudências que permitissem a imediata convocação, tendo em vista a importância do serviço e previsão orçamentária já garantida, mas não obteve autorização.

Desta forma, a contratação dos agentes se mantém paralisada até o fim da validade da lei, previsto para ocorrer em 31 de dezembro de 2021. Vale acrescentar, que mesmo com esse percalço, o município adotou diversas medidas para agilizar a implantação da GCM, como a compra de equipamentos e fardas e a formalização do convênio para o curso, além de garantir os direitos dos concursados como a suspensão do prazo de validade do concurso para assegurar os requisitos previstos em edital e ainda a alteração sobre a idade máxima dos agentes, como forma de não prejudicar candidatos que tinham a idade exigida na época e poderiam ser desclassificados por este quesito tendo em vista o atraso na convocação. Para isso, foi aprovado um projeto de lei que contou com total apoio e entendimento dos vereadores sobre a questão.

Com isso, assim que permitida a contratação, no início de 2022, os aprovados serão imediatamente convocados para os devidos trâmites admissionais, conforme recomendado pelo prefeito Fernando Cunha, que tem urgência na implantação. A previsão é de que a capacitação seja iniciada no fim de fevereiro. O efetivo da GCM de Olímpia será composto por 50 agentes efetivos.
Seta
Versão do Sistema: 3.1.9 - 17/01/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia