Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
25
25 NOV 2021
CULTURA
Olímpia abre nova exposição do Museu de Arte Sacra com presença do secretário de Cultura do Estado
A população e os visitantes da Estância Turística de Olímpia já podem conferir a nova exposição do Museu de Arte Sacra e Diversidade Religiosa, que foi inaugurada nessa quarta-feira (24).

“A outra África: trabalho e religiosidade”, faz parte da Coleção Ivani e Jorge Yunes, um dos mais abrangentes acervos de arte do país. A abertura da mostra contou com a presença do secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, que está no município para o 4º Conexidades e aproveitou a oportunidade para visitar atrações turísticas e novos projetos da cidade, acompanhado pelo prefeito Fernando Cunha.

No ato, o secretário elogiou o compromisso de Olímpia com a cultura e reforçou a parceria com o município para novas exposições e investimentos. “Fico muito feliz em constatar que Olímpia preza, respeita e valoriza a cultura e a inclusão, com gestores e uma equipe responsáveis, que reconhecem e acreditam no poder transformador da cultura. Coloco nossa secretaria à disposição para que possamos continuar a contribuir com essa visão do prefeito Fernando, reconhecendo Olímpia como a Capital nacional do Folclore, com o festival e todos esses ativos culturais que têm aqui para que Olímpia possa se tornar um exemplo para outros municípios do interior de São Paulo, um exemplo de como a cultura pode impulsionar adiante uma cidade em todas essas dimensões”, declarou Sérgio Sá.

No total, a exposição conta com 220 obras, selecionadas pelo curador e pesquisador de arte africana, Renato Araújo da Silva, com objetos da cultura africana de artistas anônimos, entre terracotas, urnas funerárias, máscaras, estatuetas, armas, joias, instrumentos musicais, objetos do cotidiano, bustos e arte da corte de Benin, que representam 29 etnias africanas. A mostra é mais um convênio do município com o Museu de Arte Sacra de São Paulo.

“Temos trabalhado para estimular o turismo de entretenimento, mas também fazer com que a cidade evolua no acesso à arte, à cultura. Aqui nessa região do Museu, temos a diretriz de criar um distrito cultural, valorizando a parte antiga de Olímpia, com um rico acervo de marcos arquitetônicos, da década de 20, e esse prédio foi o primeiro a restaurarmos, com os cuidados que o prédio merecia. Escolhemos o tema sacro, com viés ecumênico que valoriza a diversidade, esperando atrair os visitantes e moradores e temos tido a parceria e colaboração do Museu de Arte Sacra da Capital, por meio da secretaria de Cultura e Economia Criativa, para trazer exposições com acervos de qualidade porque queremos mostrar ao povo que nosso país é rico em cultura e isso precisa ser valorizado”, destacou o prefeito Fernando Cunha.

A abertura da exposição contou ainda com a presença da secretária de Turismo e Cultura, Priscila Seno Mathias Netto Foresti, do artista plástico Marcos Lontra, os curadores da exposição, Rafael Schunk e Renato Araújo da Silva, servidores municipais, imprensa e sociedade em geral. No ato ainda, a curadoria da mostra anunciou que 15 peças serão doadas permanentemente para o acervo permanente de Olímpia.

O Museu de Arte Sacra e Diversidade Religiosa está localizado na Rua David de Oliveira, 420 - Centro. A nova exposição ficará disponível para visitação ao público até o dia 31 de maio de 2022, de terça-feira a domingo, das 15h às 21h, respeitando as medidas recomendadas de saúde.

Sobre a Coleção Ivani e Jorge Yunes
Construída ao longo de 50 anos pelo casal, a coleção é composta por peças que abarcam vinte e dois séculos de história, cinco continentes, técnicas e suportes os mais diversos. Desde 2017, a filha Beatriz Yunes Guarita coordena uma equipe de profissionais dedicados à catalogação e pesquisa de cada área do acervo, sua conservação e gestão.
 
Exposição “A outra África: trabalho e religiosidade”
De 24 de novembro de 2021 a 31 de maio de 2022
Visitação: terça a domingo das 15h às 21h
Museu de Arte Sacra e Diversidade Religiosa
Rua David Oliveira, 420 – Centro – Olímpia
 
Seta
Versão do Sistema: 3.1.9 - 17/01/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia