Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
05
05 MAI 2022
SAÚDE
Olímpia registra baixa adesão à vacinação contra a Gripe e reforça importância da imunização
enviar para um amigo
receba notícias
Iniciada no dia 26 de março em Olímpia, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe tem registrado baixa adesão dos grupos prioritários. Os públicos que já foram contemplados no cronograma somam cerca de 15 mil olimpienses, sendo que somente 37,8% foram imunizados até o momento.

Assim, distante ainda de atingir a meta de 90% de cobertura vacinal, a secretaria de Saúde reforça a importância de os moradores inseridos na campanha procurarem os postos de vacinação. No total, Olímpia contabiliza 22.075 pessoas a serem imunizadas até o fim da campanha.

Segundo balanço da Vigilância Epidemiológica, ao todo, foram aplicadas 5.585 doses no município. O maior grupo é o de idosos a partir dos 60 anos, que conta com 10.268 pessoas e imunizou 46,8% do público (4.810 doses), sendo a maior adesão na cidade. Na sequência, estão os profissionais de saúde, dos quais 43,5% do total já se vacinaram (1.486 doses).

Por outro lado, os grupos com menor procura são os de crianças com apenas 6,1% (185 doses), gestantes com 1% (5 doses) e puérperas com nenhuma das 80 doses destinadas aplicadas (0%).

Os índices de Olímpia superam a média nacional, mas a baixa cobertura vacinal é uma realidade em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, apenas 34,5% dos idosos em todo o Brasil se imunizaram contra a Gripe, cuja campanha tem previsão de encerramento em menos de um mês, no dia 03 de junho. A vacina da Influenza é trivalente, composta pelos vírus H1N1, a cepa B e o H3N2, do subtipo Darwin, protegendo contra diversas variantes da doença.

Como estratégia de ampliar a imunização, a cidade realizou o Dia “D” no último sábado, totalizando 267 doses aplicadas. A vacinação segue disponível de segunda a sexta, das 8h às 16h. As crianças de seis meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias podem receber a dose em qualquer Unidade de Saúde. Já as pessoas com 60 anos ou mais, os profissionais da saúde com exercício da profissão comprovado, gestantes e puérperas podem procurar as UBS ou a Avenida dos Olimpienses (ao lado da UPA), levando os documentos pessoais, comprovantes necessários e caderneta de vacinação.

NOVOS PÚBLICOS
A partir de segunda-feira, dia 09, novos grupos passam ser contemplados na campanha. Com isso, indígenas, professores e pessoas portadoras de deficiência e comorbidades poderão receber a dose na Avenida dos Olimpienses ou em qualquer UBS.

Para se vacinar, os professores devem levar o holerite ou documento que comprove a atuação profissional vigente. Já para comorbidades, é necessário apresentar qualquer atestado médico comprobatório. As doenças elencadas pelo Ministério da Saúde são: doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, diabetes, imunossupressão, doença neurológica crônica, obesidade, doença renal crônica, doença hepática crônica, trissomias e transplantados.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia