Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
05
05 MAR 2018
ADMINISTRAÇÃO
História de Olímpia será resgatada em Arquivo Público Municipal
enviar para um amigo
receba notícias

A Estância Turística de Olímpia ganhou oficialmente, na última semana, 1º de março, o Arquivo Público Municipal “Dr. Antônio Augusto Reis Neves”. A inauguração fez parte das comemorações dos 115 anos de fundação do município e foi realizada na Câmara Municipal, reunindo autoridades, familiares e amigos do homenageado.

O Arquivo Público Municipal será fonte de informações, sendo a peça-chave para a melhoria da boa governança, atendimento das demandas relacionadas à cidadania, informações sobre os atos governamentais, andamento e solução de questões administrativas, econômicas e jurídicas, bem como informações sobre saúde, educação, meio ambiente, raízes históricas do município, festas e costumes regionais, folclore e investimentos no município.

A abertura da solenidade, marcada por muitas emoções, começou com a leitura da biografia do homenageado, Dr. Antônio Augusto Reis Neves, pela diretora da escola estadual que leva o seu nome, Maria Cristina Figueiredo. Em seguida, usaram a palavra a chefe do setor de Centro de Documentação e Acesso a Informação, Ana Paula Rodrigues Bertolino; a secretária de Administração, Eliane Beraldo Abreu de Souza; a neta do homenageado, Marisa Neves; o professor Kokei Uehara, que foi aluno do homenageado; o vereador Luiz Salata, representando a Câmara Municipal e o prefeito municipal, Fernando Cunha.

A secretária de Administração Eliane, responsável pela implantação do Arquivo Público, enfatizou a importância de criar esse setor. “Ao longo da construção desse projeto, ele se mostrou tão significativo para o município de Olímpia, que confesso que me emocionou muito. A constituição, desde 88, já previa em seus dispositivos a obrigação do poder público de realizar a gestação documental do patrimônio comum a todos. O prefeito Fernando reconheceu a importância do assunto e possibilitou a criação do Arquivo Público Municipal de Olímpia. Nós estamos inaugurando hoje uma política de arquivo público, que é criar um conjunto de diretrizes que vão nortear toda a produção, o manejo e a proteção de patrimônio documentado. Nós temos inúmeros espaços e caixas de documentos bem guardados, que agora vão passar pelo filtro desse sistema de arquivo para catalogação e a guarda adequada com proteção nacional”, disse a secretária.

Para a neta do Dr. Neves, Marisa Neves, é uma honra homenagear seu avô. “É uma honraria que eu não consigo exprimir em palavras a gratidão que eu sinto por escolher estar aqui. Está sendo um momento grandioso de muita paz, de muita alegria e eu tenho certeza absoluta desse homem extraordinário que foi meu avô. A gente tenta honrar, por meio do nosso trabalho, do nosso dia a dia, e eu tenho certeza dessa luz que representou Doutor Augusto Reis Neves, não só para Olímpia, mas para todos nós. Esse projeto já nasce vencedor. Obrigada prefeito Fernando Cunha, eu fico muito agradecida por essa homenagem. Como a neta mais velha eu pude conviver mais de perto com ele. Fiz meus estudos no colégio dele e convivi de perto com sua sabedoria, seu amor às letras, as artes, a cultura e a essa cidade. Ele foi um homem idealista, acima da sua época e do seu tempo. Dizia assim pra mim o jequitibá caiu, e eu digo que o jequitibá continua em pé, para todo sempre, graças ao Arquivo Público Municipal”, afirmou Marisa.

O prefeito Fernando Cunha ressaltou a importância de ter um acervo de resgate da história do município. “O Arquivo Público a princípio parece uma obra de pouca visibilidade, mas eu vislumbrei o significado do arquivo, que eu quero ressaltar alguns aspectos, ele vai envolver toda a administração municipal, todas as secretarias num trabalho matricial, selecionar cada documento, que será catalogado e posteriormente digitalizado, ou seja, todas as secretarias serão envolvidas. Tem que implantar uma cultura de manutenção de arquivo. Se a gente implantar essa cultura, Olímpia passa a ter um acervo permanente das informações públicas. E com esse arquivo construiremos tudo isso. Todos nós acabamos deixando um legado, uma herança e nós tivemos a sorte de receber essa escola do professor Antônio Augusto Reis Neves. Uma escola que se tornou referência. Ele veio aqui para nossa cidade e fez história, por isso rapidamente lembramos do nome do Doutor Neves. Um arquivo com nome forte, um homem exemplar, que vai iluminar nossa cidade”.

Após as homenagens foi exibido um vídeo com a história do Dr. Antônio Augusto Reis Neves, que será arquivado como o primeiro material do arquivo público de Olímpia. Na sequência, foram entregues um mimo a família do homenageado e o decreto de Visitante Ilustre do município ao professor Kokei Uehara, da Escola Politécnica USP – São Paulo.

O setor foi criado pela Lei Municipal nº 4.336, de 16 de fevereiro de 2018, após a aprovação da Câmara de Vereadores, com a missão de criar metodologia de pesquisa e gestão documental, contemplando proteção especial ao patrimônio científico municipal, disseminando cultura de transparência e controle social e a visão de referenciar o Município na área de gestão documental, por meio de metodologia segura e confiável, servindo de base para tomada de decisões do gestor e atender às demandas da população.

Também participaram da cerimônia o vice-prefeito Dr. Fábio Martinez, os vereadores José Elias Morais, Fernando Silva, Luiz Salata e João Magalhães e secretários municipais.

BIOGRAFIA DR. NEVES

Em junho de 1940, Olímpia receberia o novo proprietário do Ginásio e Instituto Comercial de Olímpia, Dr. Antônio Augusto Reis Neves, na época, casado com dona Georgina Alves Ferreira Neves, conhecida como Dona Nenzinha. Dr. Neves comprou o Ginásio e o Instituto Comercial de Olímpia do senhor João Batista da Rocha e de seu sócio, Ítalo Galli.

A presença do Dr. Neves em Olímpia foi fundamental para o crescimento da educação. O Colégio Olímpia, uma instituição de ensino particular, proporcionava o mesmo estudo e as mesmas oportunidades para quem não possuía o poder aquisitivo necessário para pagar as mensalidades escolares.

Dr. Neves ou o “Velho Neves”, como era conhecido, era um indivíduo, com grande senso de humanidade. Amou Olímpia, seu Colégio, tanto quanto seus alunos, a quem carinhosamente chamava de “meus meninos”. Grandes personalidades olimpienses tiveram sua formação e saíram preparados para o sucesso do Colégio Olímpia. Incentivou os esportes, as artes e era obcecado por sua fanfarra, a segunda maior e melhor do Estado, com mais de 100 figurantes.

CULTO E MISSA CELEBRAM O ANIVERSÁRIO DA CIDADE

Ainda em comemoração aos 115 anos da Estância Turística de Olímpia, foram realizados dois atos religiosos. Um Culto de Ação de Graças foi realizado na noite de sexta-feira, dia 2 de março, na Igreja Assembleia de Deus Ministério de Belém. O culto foi ministrado pelo pastor Josias Pedro da Silva e contou com a presença do prefeito Fernando Cunha, do deputado federal Paulo Freire, vereadores e secretários municipais. Na solenidade foi entregue ao prefeito um diploma comemorativo dos 115 anos do município.

Já no sábado, dia 3, foi realizada uma Missa, também em Ação de Graças aos 115 anos do município com uma benção especial a toda população. A missa foi conduzida pelo padre José Antônio, na Igreja Matriz de São João Batista. No ofertório foi levado até o altar símbolos que marcam a cultura e a história de Olímpia. São eles: a Bandeira do Município, símbolo oficial; o Jarro com Água, simbolizando o turismo, principal setor econômico de Olímpia; o Palhaço de Santos Reis, representando a crença e o folclore; e o Trançado Estrela, que representou a cultura e o artesanato local. Participaram da missa, além do prefeito municipal, o deputado estadual Orlando Bolçone, vereadores e secretários municipais.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia