Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
03
03 JAN 2022
DAEMO
Inflação dos dois últimos anos gera realinhamento da tarifa de água e esgoto para 2022
enviar para um amigo
receba notícias
Depois de quase dois anos sem acréscimos de valores, as tarifas de água e esgoto da Daemo Ambiental sofrerão alteração a partir deste mês de janeiro de 2022. A medida, regulamentada por decreto municipal, é reflexo, principalmente, da inflação acumulada no período, tendo em vista que o último reajuste ocorreu em janeiro de 2020, e também às altas que provocaram aumento dos custos operacionais da autarquia.

Dessa forma, o atual cenário e a necessidade de reposição da inflação levaram a Daemo a solicitar o realinhamento, cujo índice aplicado será de 14,19%. Os valores foram definidos após criterioso estudo por parte da equipe financeira da autarquia, que utilizou o INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor, correspondente ao período, como base para a compensação, uma vez que se fosse considerado o IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo o percentual seria ainda maior. Em média, segundo justificativa apresentada no decreto, os principais índices de preço ao consumidor tiveram em média uma alta de 14,75% desde janeiro de 2020 até os dias atuais.

Outros fatores que influenciaram a alteração foram os últimos reajustes da energia elétrica, além do valor do combustível, que são despesas que afetam diretamente a autarquia, no que abrange a logística e prestação dos serviços, aquisição de insumos, material hidráulico, material de saneamento e, principalmente, produtos químicos utilizados no tratamento da água e do esgoto, bem como, na constante manutenção preventiva e corretiva das redes de distribuição de água e coleta de esgoto do município.

Uma questão também a ser considerada é a operação da ETE - Estação de Tratamento de Esgoto, que iniciou de forma gradativa e, atualmente, com o total funcionamento de suas funções, onde trata 100% de todo o esgoto lançado em suas dependências, gera quantidade significativa de lodo, aumentando o custo para a Daemo Ambiental com o transporte e destinação final desse resíduo.
 
Atualmente, a autarquia mantém em operação 73 poços do Aquífero Bauru, dois poços profundos, uma captação de água, uma Estação de Tratamento de Água e duas Estações de Tratamento de Esgoto, todos operados por bombas mantidas com energia elétrica, além dos demais insumos.
 
Com o realinhamento de preços, está mantido o consumo mínimo de 10 metros cúbicos, agora com o valor de R$ 20,14 para consumidores residenciais. 
Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia