Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
04
04 SET 2018
OBRAS
Obras da galeria central estão 62% concluídas
enviar para um amigo
receba notícias

Para sanar de vez o problema com as enxurradas durante as fortes chuvas, as obras para a execução das galerias de águas pluviais da Rua Américo Brasiliense seguem a todo vapor. Nesta semana, a equipe de trabalho está no trecho entre as ruas Coronel Francisco Nogueira e Dr. Antônio Olímpio. No total, a obra já está 62% concluída.

De acordo com a secretaria de Obras, Engenharia e Infraestrutura, a previsão é liberar o trecho entre as ruas Coronel Francisco Nogueira e São João até o próximo sábado, dia 8 de setembro.  E entre as ruas Rua São João e Dr. Antônio Olímpio a previsão é finalizar o trecho até o dia 15 de setembro. Após a conclusão dos dois trechos, será realizada a pavimentação asfáltica. O próximo passo da obra é a Rua Dr. Antônio Olímpio, entre as ruas Américo Brasiliense e 9 de Julho, com previsão de término dia 25 de setembro.

Para a execução das galerias de águas pluviais estão sendo investidos quase R$ 547 mil do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), com cerca de R$ 221 mil deste montante de contrapartida do município.

“Essa é uma obra extremamente importante já que ela capta águas de diversas regiões da cidade. Há muitos anos o município vem convivendo com os problemas de infraestrutura no local e que agora, neste governo, está sendo resolvido. Estamos procurando fazer com a maior agilidade possível para que não atrapalhe o comércio, o trânsito de veículos e pedestres e interrompendo o mínimo possível, inclusive com trabalhos nos locais aos finais de semana”, disse o secretário de Obras, Luiz Fernando Covello.

Os serviços estão sendo executados por etapas. No primeiro momento, são feitas a demolição do pavimento, escavação, assentamento de tubos e reaterro. Depois, é realizada a execução dos poços de visita e bocas de lobo. E, por fim, os reparos de calçadas e guias para a pavimentação. Durante as obras, algumas interdições são necessárias para garantir a segurança dos pedestres, motoristas e trabalhadores. A previsão de conclusão dos trabalhos é até novembro deste ano.

Para a obra serão utilizados cerca de 800 metros de tubo, além de 250 metros de ramais (tubos ligados à rede de esgoto). “Essa é mais uma obra de drenagem que estamos fazendo em lugares que possuem muita fragilidade em dias de chuva e enchentes. É uma obra na região central que atrapalha os moradores e o comércio, mas é fundamental para o controle de cheias, já que a população do entorno reivindicava muito e teve inúmeros problemas no passado. Nosso intuito é trazer o mínimo possível de transtornos com as obras, mas é inevitável que conforme ela vai avançando as quadras, alguns moradores tenham problemas”, afirmou o prefeito Fernando Cunha.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia