Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
11
11 JUL 2019
CULTURA, ESPORTES E LAZER
Rio Grande do Norte confirma presença no Festival do Folclore com dois grupos
Foto Noticia Principal Grande
Boi Calemba Pintadinho
enviar para um amigo
receba notícias

Depois de passar pelas regiões sul, sudeste e centro-oeste, o 55º Festival do Folclore da Estância Turística de Olímpia chega ao nordeste do País, com a confirmação de dois grupos do Rio Grande do Norte.

O Estado possui uma cultura rica e diversificada, sendo sede de várias entidades culturais, além de possuir diversos monumentos tombados, entre os quais o mais importante é a Fortaleza dos Reis Magos, considerado marco inicial da ocupação do território norte-riograndense. E essas singulares manifestações culturais poderão ser conhecidas e divulgadas de 3 a 11 de agosto, na Capital Nacional do Folclore.

De lá virão dois grupos: o Boi Calemba Pintadinho, de São Gonçalo do Amarante, que esteve duas vezes em Olímpia, e o também já conhecido Balé Popular Terras Potiguares, do município de Passa e Fica. Com esses, já são 17 grupos de sete Estados anunciados pela Comissão Organizadora do Festival do Folclore de Olímpia para este ano.

O Boi Calemba Pintadinho é uma das mais importantes manifestações folclóricas do Rio Grande do Norte, com mais de 100 anos de existência. Em 1929, foi pesquisado pelo escritor e pesquisador Mário de Andrade, juntamente com o folclorista Câmara Cascudo, que o acompanhou nessa aventura. Na ocasião da posse do presidente da República João Figueiredo, o Boi Calemba se apresentou na Praça dos Três Poderes a convite do Ministério da Cultura.

Há décadas, participa das festas populares e festivais de folclore do RN e Estados vizinhos e já estiveram no Fefol. O Balé Popular Terras Potiguares surgiu em junho de 2010, apresentando como sua primeira montagem cênica as danças e brincadeiras do Pastoril, sendo assim uma opção cultural para os jovens de Passa e Fica. Tendo em vista o potencial artístico do grupo, o Balé expandiu seu trabalho e, hoje, conta com 35 componentes que elaboram sete sequências folclóricas, envolvendo dança, música e teatro.

São elas: O Pastoril, Coco de Roda, Sequência Nordestina, Festejo Junino, Rei de Congo, Boi de Reis e Caboclinhos. Entre a Diversidade de manifestações populares do Nordeste que o Balé Popular Terras Potiguares pesquisa e apresenta, o seu grande destaque está nas danças e cantos do Folclore Norte – Riograndense, como seu nome mesmo sugere.

Sediado no Município de Passa e Fica/RN, na região Agreste Potiguar, difunde através da arte, o legado cultural deixado pelas três matrizes que formam a base do nosso país. O Grupo é acompanhado de uma banda regional: sanfona, violão, zabumbas, ganzá, alfaias e etc. Sempre trabalhando em cima do som autêntico de cada folguedo e as coreografias são trabalhadas conforme o folclore de raiz do Rio Grande do Norte.

Mais informações: 

www.folcloreolimpia.com.br

www.facebook.com/folcloreolimpiaoficial

Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia