Ir para o conteúdo

Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura da Estância Turística de Olímpia-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
21
21 MAR 2023
OBRAS
Paralisação da Natal Breda esbarra em impasses burocráticos e falta de repasses de recursos do Governo do Estado
enviar para um amigo
receba notícias
Diante do impasse sobre a paralisação das obras de recuperação da Vicinal Natal Breda (OLP - 040), a Prefeitura de Olímpia, por meio da secretaria de Obras, Engenharia e Infraestrutura, esclarece que, conforme tem sido constantemente informado, as obras da referida estrada são de total responsabilidade do Governo Estadual, sendo que a licitação, contratação da empresa e da mão de obra, bem como o investimento dos recursos ficaram a cargo do Estado. Desta forma, não procede a informação que vem sendo disseminada equivocadamente de que o município recebeu verba para a obra em questão, uma vez que todo o trâmite foi feito diretamente entre o Estado e a empresa.

É importante frisar que a atual gestão, desde que assumiu o primeiro mandato, tem buscado incessantemente os órgãos responsáveis e lideranças políticas para solicitar a recuperação da estrada, tendo em vista o alto custo da obra, com inúmeras tratativas, reuniões e formalização de ofícios relatando a necessidade urgente de recapeamento, por se tratar de uma via com mais de 30 anos de uso.

Enfim, após muita luta, em fevereiro de 2021, o município foi informado sobre a inserção da rodovia no Programa Estadual “Novas Vicinais”. Em maio do mesmo ano, o prefeito Fernando Cunha acompanhou, em São Paulo, o anúncio da abertura das licitações de diversas obras do Estado, entre elas o lote que contemplava a Natal Breda. Vale ressaltar que, por definição do próprio Estado, a recuperação da vicinal foi licitada em duas partes, sendo uma o trecho pertencente a Tabapuã e outra a Olímpia. Com os trâmites legais devidamente realizados, os trechos ficaram sob responsabilidade de empresas diferentes, sendo que a parte de Tabapuã (17,7 km) foi concluída e a de Olímpia (13,5 km) foi iniciada em janeiro em 2022 e abandonada pela empresa vencedora da licitação logo em seguida, com menos de 1 km de extensão recuperado.

Desde então, a Administração Municipal não tem medido esforços para cobrar a retomada das obras, sendo que em junho do ano passado, o prefeito acompanhou, na capital, o anúncio de uma nova licitação do convênio estadual, que incluía a Natal Breda. Pelo que consta, a licitação já foi realizada e a empresa definida, aguardando a assinatura do contrato e a emissão da ordem de serviço pelo Estado para retomar os trabalhos. Ocorre que, com a troca de liderança frente ao Governo Estadual, a nova gestão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pelo convênio, alega que não foram reservados os recursos para a obra no orçamento deixado pela última administração para este ano, que representam um montante de cerca de R$ 22 milhões, o que tem impedido a retomada da recuperação da vicinal, ainda sem prazo para a execução.

Cabe acrescentar que, somente neste ano, o prefeito Fernando Cunha já se reuniu com representantes estaduais ao menos três vezes, tendo como uma das principais demandas, a concretização desta obra que é de extrema necessidade para garantir a segurança dos motoristas que trafegam pela via e vive um impasse que se arrasta por anos. Enquanto isso, o município tem realizado manutenções emergenciais e tapa-buraco como paliativo para amenizar os riscos que a vicinal oferece, no entanto, as condições precárias da pista e o grande volume de chuvas têm prejudicado cada vez mais a qualidade do asfalto existente.

Por fim, a Administração reforça que não teve nenhuma posse dos recursos estimados para a recuperação estrutural e pavimentação da vicinal e segue comprometido com a busca constante junto aos responsáveis para a obra seja retomada e concluída, sendo que qualquer atualização sobre os trâmites burocráticos será informada à população, prezando pela transparência e seriedade com que a atual gestão sempre atuou.
 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia